28 de novembro de 2013

[Resenha #4] - A Casa Das Orquídeas



Título: A Casa das Orquídeas
Título Original: Hothouse Flower
Autora: Lucinda Riley
Editora: Novo Conceito
Páginas: 560
ISBN: 978-85-63219-96-1


Classificação: 5/5











"Toda casa tem seus segredos e todo amor, seu preço"




UM TRISTE PASSADO COM UM GRANDE FUTURO

Júlia e Alícia são irmãs. Alícia é a irmã mais velha e tem marido e filhos. Júlia não tinha mais marido e filho. Infelizmente eles sofreram um acidente de carro e não resistiram. Alguns anos se passaram, mas não no coração de Júlia. Nele ainda residia a dor de perder um marido que amava muito e ainda mais seu filho pequeno a quem tinha um amor incondicional.

Júlia era uma pianista muito famosa, mas que agora só queria distância de seu maior dom. Sua irmã sempre tentava amenizar o pesar da caçula, mas Julia não se permitia ser feliz. Evitava a família sempre que podia e também tinha desistido de se alimentar corretamente. O que tornava o trabalho de Alícia cada vez mais difícil, deixando a mais velha se sentindo incapaz de fazer sua irmã se sentir viva outra vez.

As duas tinham perdido a mãe muito cedo. Nem lembravam mais sua aparência. Desde então Alícia colocou na cabeça que era dever dela tomar conta da irmã e foi assim desde então. Mas Júlia não queria ser cuidada, queria distância de tudo e de todos. Era chamada para almoços familiares, mas sempre recusava e abandonou sua casa por não conseguir encarar a realidade.

Quando eram crianças elas tinham lembranças de que iam a uma mansão chamada Warthon Park. Um lugar maravilhoso que mais parecia um sonho. Iam para lá visitar os avós, Bill e Elsie, e brincavam bastante. Júlia amava ir para o canteiro das flores onde seu avô trabalhava. Gostava de ver as diferentes espécimes e aromas que seu avô cultivava. Bill era o jardineiro de confiança e cuidava das plantas com muita dedicação.

Com o passar dos anos Warthon Park foi passada de geração em geração. O dono atual, Kit Crawford, precisou colocá-la à venda por não poder arcar com as despesas, que eram muito grandes e colocou algumas coisas à venda para ver se consegui arrumar algum dinheiro. Sabendo disso as irmãs, com a presença de Júlia a contra gosto, foram lá para tentar ficar com alguma lembrança de sua infância.

Com todo esse clima de Warthon park, a avó das meninas resolveu contar um segredo muito antigo que ela guardou por muitos anos. A exigência era que Júlia não contasse à sua irmã. Ela não queria de jeito nenhum, que sua outra neta soubesse do que estava prestes a contar. Era um segredo que mexeria com a vida de todos. E tudo vinha do diário que Júlia comprou na feira da mansão.

Quando Elsie começa a contar o segredo, ela volta bastante no tempo. Na época da segunda guerra mundial. Quando era moça e trabalhava como dama de companhia na mansão de Warthon Park. Ela morava lá mesmo e cuidava de uma dama muito especial, Olívia, que se apaixonou perdidamente pelo príncipe Harry Crawford, mas infelizmente essa não foi uma linda história de amor.

Para cada irmã, um segredo diferente. Depois de tudo revelado, para ambas, tudo muda. Não só para elas duas, mas também para todos que estão envolvidos nessa grande teia do destino. Agora era hora de erguer a cabeça e continuar com suas vidas, principalmente depois de uma grande revira volta após vovó Elsie ter contado todos os segredos que envolviam aquela família. Era hora de esquecer o passado e reescrever o futuro.




O QUE ACHEI DESSE LIVRO



Foi o meu primeiro romance romântico e me apaixonei. Nunca me interessei por livros românticos, li pouquíssimos. Até que vi esse livro onde a capa me chamou muito a atenção e a frase da mesma também. Ao ler a sinopse percebi que havia um mistério muito grande e como sou apaixonada por mistérios, resolvi arriscar e levar esse livro para casa.

Durante toda a leitura me surpreendia cada vez mais. Quando você acha que está tudo bem, que não tem mais nada para acontecer, Lucinda te joga uma situação que você fica sem ar. Com sua escrita ela te permite viver cada momento com cada personagem e consegue te prender a eles como se fossem da sua própria família ou alguém que seja muito chegado a você.

Gostei muito de como Lucinda Riley escreve. Embora encontre muitas tramas, cada uma vai se entrelaçando e formando uma estória perfeita. É um livro bem longo, mas que nem dá para perceber de tão leve que é a leitura. Gostei muito mesmo e não vejo a hora de poder ler seus outros títulos.



VIRARIA FILME?

Não acredito que esse livro pudesse virar filme. Ele é tão cheio de detalhes e cada um deles faz um enorme sentido. Como acontece com as adaptações, muitos desses detalhes poderiam ser cortados e eu acho que se cortassem alguma dessas partes importantes, o filme perderia muito o seu valor. Como já aconteceu com muitos títulos que foram para o cinema.
Nem sempre o filme consegue passar todas as emoções da forma que um livro passa. Mesmo com a presença do autor ou autora na hora de montar as cenas. E este é um livro muito especial que precisa de todas as suas partes para mostrar toda a sua beleza!

26 de novembro de 2013

Filme: Na Natureza Selvagem


Título: Na Natureza Selvagem
Título Original: Into The Wild
Direção: Sean Penn
Ano: 2008
Duração: 2h27min
Elenco: Emile Hirsch, Marcia Gay Harden, William Hurt, Jena Malone, Catherine Keener, Vince Vaughhn, Kristen Stuart


Classificação: 3/5










Esse filme foi inspirado no livro de Jon Krakauer, Na natureza selvagem. Ele decide contar a história real de Christopher McCandless. Um jovem que deu as costas a vida que tinha, para se encontrar na natureza. Esse livro pertence à editora Companhia das Letras e foi laçado em 1998.







UMA VIDA PARA POUCOS

Christopher McCandless (Emile Hirsch) é um adolescente esforçado, que se formou na faculdade, de acordo com os desejos dos pais mas que a partir de agora, decide tomar conta de sua própria vida. Depois de ter cumprido com todas as suas obrigações e cansado de viver em um mundo injusto e no meio de uma sociedade cega, resolve se aventurar e viver na natureza, sem dinheiro ou tecnologia. 


Ele saiu de casa sem avisar ninguém. Seu destino final era o Alaska. Preparou sua mochila com poucas roupas, livros, água e alguns mantimentos. Tudo que tinha em sua poupança foi doado para pessoas necessitadas e o pouco dinheiro que tinha consigo, atiou fogo. Aquilo não era mais necessário em sua nova vida.



Durante sua aventura Chris conhece muitas pessoas, faz amizades sinceras e deixa um pouquinho dele com cada um que tem uma relação. Ele passa por diversas experiências e acaba mais sábio a cada dia. Aprende a se virar na natureza, caçando, levou um livro sobre plantas silvestres para diferenciar as comestíveis a até aprende a fazer um cinto de couro com um velhinho que ele encontrara na estrada.




Ele ia de um canto a outro pedindo carona aos que passavam, ora a pé, ora de trem. Quando precisava atravessar as águas, usava uma canoa que ele pegou de uma empresa de canoagem, mas não ficou com ela por muito tempo. Subia e descia montanhas. Adorava sua vida, a paisagem, o vento, tudo era revigorante.




Em seu caminho ele acaba encontrando um ônibus, que passou a chamá-lo de ônibus mágico, onde possuia muitas coisas úteis como colchão, um fogão improvisado, acabou improvisando, também, um chuveiro feito de lata e ali, naquele espaço, fazia suas anotações, traçava mapas e lia seus livros.




Com uma dieta bem diferente da que tinha antes, começou a perder muito peso, mas manteve a saúde até certo ponto. Cada vez que a calça ficava mais larga, era mais um furo no cinto feito a faca. Um certo dia ele acabou por se enganar e comeu uma planta venenosa que o fez passar muito mal, mesmo assim foi uma segunda vida plena de experiências e aprendizados. Uma vida que ele nunca reclamou ou se arrependeu.





O QUE EU ACHEI DO FILME

Eu gostei de algumas partes. Devo confessar que achei o filme muito longo e muito cansativo. O gênero desse filme é drama e não estou acostumada a assistir esse tipo de filme. Acho um pouco enjoado. Mas eu sei que esse filme foi fantástico. A história é única e que coragem do Chris, deixar tudo para trás e viver na natureza, isso chega a ser assustador.

Uma das coisas que pude apreciar nesse filme foram as paisagens. Cada lugar mais lindo que o outro. E aí pensamos que ás vezes é bom sair um pouco da rotina e ver um pouquinho dessas paisagens, se afastar da tecnologia e recarregar as energias perto das árvores e riachos. Esse filme veio para nos lembrar dessa outra parte da vida.


Outra coisas que gostei foi ver atores que admiro. Principalmente Vince Vaughn! De Os Penetras Bom De Bico!



 Jena Malone aparece nesse filme como a irmã de Chris. E também foi protagonista do filme aqui resenhado, Galera do Mal.
Catherine Keener teve um personagem importante no filme. Foi umas das amizade que Chris encontrou em sua jornada. Sua personagem tinha um filho que também se foi e nunca mais voltou para casa e via em Chris, seu filho. Você pode ver mais um de seus trabalhos no filme O Virgem de 40 Anos



E por último, o que foi uma surpresa para mim, Kristen apareceu no filme!! Nunca ia imaginar! As personagens foram aparecendo e me surpreendendo aos poucos. Ao passar por um acampamento,  a conheceu e ela acabou se apaixonando por ele. E preciso falar que foi ela que representou toda a saga de Crepúsculo ^.^





Essa história foi bem marcante e também deixou muitas mensagens.


"...está errado ao pensar que a alegria da vida tem sua principal fonte nas relações humanas. Deus colocou à nossa volta. Ela está em tudo. Em tudo que podemos vivenciar. As pessoas só precisam mudar o jeito que veem as coisas" 




O VERDADEIRO CHRISTOPHER MCCANDLESS

Queridos, espero que tenham gostado dessa resenha. Não foi o filme que mais gostei, como disse lá em cima, mas também consegui enxergar sua beleza e admiro muito a história desse rapaz corajoso. 

Fiquem agora com as fotos originais e até o próximo post!!

Beijinhos

 Christopher McCandless


O pai de Chris no ônibus mágico


Chris caçando sua própria comida
E para despedir...

Em memória
12 de Fevereiro de 1968 - 18 de Agosto de 1992









22 de novembro de 2013

Filme: Galera do Mal

Título: Galera do Mal
Título Original: Saved
Direção: Brian Dannelly
Ano: 2003
Duração: 1h33min
Elenco: Macaulay Culkin, Jena Malone, Mandy Moore, Patrick Fugit, Heather Matarazzo, Eva Amurri, Martin Donovan, Mary Louise Parker

Classificação: 3/5




AQUI É PROBIDO PECAR

Hilary Faye (Mandy Moore) e Roland (Macaulay Culkin) são irmãos e estudam na mesma escola cristã. Ela é muito religiosa, coloca todas as suas esperanças em Jesus e comanda um grupo onde Mary (Jane Malone), tecladista da banda cristã de Hilary, também participa. Elas são muito amigas e promovem alguns eventos religiosos dentro da escola.







Mary tem um namorado chamado Dean (Chad Faust). Um certo dia, enquanto os dois estão brincando na piscina, de falar em baixo d'água, Dean confessa que é gay. Mary fica desesperada, porque ele também é um cristão e sabe que essa opção sexual é um pecado. Após saber disso ela tenda assiduamente convertê-lo mas não sabe como.

Decide que para o bem de Dean, para trazê-lo para o lado da luz, ela resolve perder sua virgindade com ele, achando que assim ele se tornaria heterossexual e não seria mais um pecador. Foi até seu quarto e se entregou sem pensar em mais nada. Feito isso, ela agora acreditava que o problema estava resolvido.


Hilary queria que todos se convertessem e seu maior problema era Cassandra (Eva Amurri), uma menina, que aos olhos de Hilary, era revoltada e tinha que aceitar Jesus no coração. Cassandra não era cristã e era a única na escola. Fumava, usava maquiagens forte, dirigia um carro velho e roxo e tinha uma personalidade muito forte.





Certo dia Mary começou a passar mal na escola e não sabia o por quê. Chegou em casa e foi assistir a um programa de tv com a mãe, Lilian (Mary Louise Parker), e acabou vendo um programa onde a mulher falava de seu caso. Disse que sempre se sentia mal, e quando foi se tratar, descobriu que estava com câncer.


Mary se assustou e no dia seguinte foi comprar um teste de gravidez. E quando viu o resultado, passou a não acreditar mais em sua religião. Se separou de seu grupo cristão, o que foi o fim para a sua amiga.Pior ainda foi Hilary ver que agora ela andava com Cassandra e Roland, que tinha se apaixonado por ela. 







Cassandra não era má pessoa, pelo contrário. Ela é do tipo que estende a mão para qualquer um que esteja precisando. É uma verdadeira amiga e estava apoiando Mary em tudo. Nesse meio tempo, Mary começa a se apaixonar pelo menino novo da escola, Patrick (Patrick Fugit). Ele faz de tudo para ficar com ela, mas como esconde seu segredo, o afasta sempre que ele tenta se aproximar.




Depois que o pastor da escola, o pastor Skip (Martin Donovan) pede para Hilary saber o que está acontecendo com Mary e para que ela seja encarregada de trazê-la de volta à Jesus, Hilary toma como um desafio e faz qualquer coisa para que Mary volte para o grupo. Mas ela percebe que fazer correntes de oração não é o suficiente então começa a jogar sujo.






O QUE EU ACHEI DO FILME

Durante todo o filme você pode perceber a forte presença da religião, da aceitação, perdão e também preconceito. A mensagem do filme é bem clara, devemos aceitar as diferenças uns dos outros e não puni-los por isso. Embora esse filme tenha um significado forte, a ideia é passada de um forma leve e com situações engraçados.


Quando eu comecei a ver sabia que ele não me era estranho!! Eu já tinha visto, mas nunca tinha conseguido pegar desde o começo! Acho que gostei mais agora que vi ele todo!! Eu gostei do filme, por isso dei 3 estrelinhas para ele! Gostei muito de ver uns dos atores que mais gosto, principalmente a Mandy Moore! Eu gosto muito dos filmes dela e de suas músicas também!



Já viram esse filme pessoal??

Beijinhos

21 de novembro de 2013

Outlast


DICAS PARA LER ESTE POST



Criando um clima

1. Vá descendo (ou subindo - como você quiser falar) a página aos poucos para revelar seus segredos...

2. De play no vídeo. É o tema no filme Halloween, que cabe muito bem nessa postagem. 
(Não contém susto nesse vídeo.)





Vamos começar?


Genten, hoje o assunto vai ser jogo! Só que não será sobre nenhum jogo fofinho...

Amo muito filmes de terror, livros de terror e jogos também. Quase tudo sobre tema; Um dos  jogos que mais gosto é Resident Evil e Silent Hill. Eu não sou aloka dos jogos, mas jogo um pouquinho sim! Sempre gostei de video games!

Estou amando Tomb Raider!! Não é de terror, é de sobrevivência. O jogo é demais, gráfico show...super vale a pena jogar se você gosta!! A estória?? O mistério do Triângulo do Dragão!! ÉÉÉ...não "existe" só o Triângulo das Bermudas"! Enfim, tadinha, a Lara sofre muito...



Continuando...

Meu namorado colocou um jogo que achei que fosse ser mais um joguinho de terror daqueles, meia boca, e lá fui eu jogar, de madrugada, tudo apagado, amarradona!! Tinha visto um pouquinho do gameplay e vi uma menina se assustando toda hora, eu pensei "que palhaçada, nada aconteceu"...até eu começar a jogar...




(Você lê esse nome e não dá nada por ele né?)


O jogo é em "primeira pessoa" o que significa que não tem um bonequinho que você guia. É como se você estivesse realmente ali. É a sua visão.

Se eu sou munida de armas, facas, serras elétricas ou outra coisa do tipo?? Não! A única coisa que eu tenho é uma câmera! E não! Você não encontra nada do tipo pelo jogo para se defender! (chora copiosamente) 

Como se defende? Se escondendo do que está atrás de você! SÓ! Outra coisa, tenho que ir atrás de bateria para a câmera, porque se eu uso a night vision (visão noturna) a bateria acaba em segundos!!


(Filmando o lugar usando o night vision)

Tudo começa com você dirigindo lindamente o seu carrinho, sim, você é um homem. Até aonde sei, não tem como escolher mulher para jogar. 

A estrada não é muito longa, logo você chega ao seu destino. É só você e a estrada escura, apenas iluminada pelos faróis do carro. 


Thu-ru-ru-ru-ru...vai dirigindo até chegar à um Asylum (hospício)...programão de fds!! Nossa, estou zoando o jogo!



Essa mansão, minha gente, era uma casa onde tratavam-se doentes mentais e foi reaberta, recentemente, para "investigação e caridade", (oi?! caridade?!) onde uma grande corporação trabalhava secretamente. Pois é...sempre tem uma grande corporação trabalhando por trás das coisas...

A mansão é bem grande e sombria. Está ventando e você tem que chegar até o lado de dentro. Tem três carros abandonados na frente da casa. Quem poderia ter tentado entrar nesse lugar?

Nesse jogo você é Miles Upshur, um jornalista que invade o local para descobrir todos os horrores que aconteceu nesse lugar, que mistura ciência e religião. Seu maior objetivo é sair desse lugar insano aonde se encontram criaturas estranhas que estão a sua espreita. Tenha cuidado!



(Jogo em primeira pessoa)


As criaturas que você encontra estão loucas. Não se esqueçam. Elas vão atrás de você. Nao se sabe se são mortos vivos, só mortos, só vivos. O importande é andar com muita cautela pelos corredores escuros do hospício, onde seu único modo de enxergar é usando a câmera no modo de visão noturna. Mas infelizmente sua bateria não vai durar para sempre.

O que você encontra nesse jogo, além dos sustos que vem do nada, são inúmeras cenas de pessoas mortas pelo caminho e muito sangue! Muito mesmo!
















(Siga o sangue)



(É, tipo isso...muito sangue)

Os sustos...eles vem quando você menos espera!! Super imprevisível, chega a tirar o ar!! É mais ou menos assim: você está andando e de repente...

 (NADA! Depois...)




(Tcham!! É essa coisa feia que quase faz teu coração parar!)
(Imagina isso e coisas piores atrás de você...)

É muito divertido...ver meu namorado jogando!!! Eu passei para ele porque meu coração já estava quase na boca de tanto susto e suspense! Porque depois do primeiro susto, você fica esperando o próximo...aí fica tensa(o) o jogo inteiro!!

Para quem gosta é muito bom! Tem para PC e em 2014 chegam as lojas para PS4!! Gente, o gráfico arrasa! É muito bom!!

Mais algumas informações aqui: Playsation

Vai, nem foi tão assustador assim né?! Espero que tenham gostado desse post sobre jogos com trilha sonora! Me digam o que acharam, se vocês jogam, como foi ou como está sendo a experiência!!

Beijinhos















Edição Especial

Não sei se vocês já viram, mas a editora Novo Conceito preparou duas edições especiais e limitadas dos livros O Presente, de Cecelie Ahern, e  Anjos à Mesa de Debbie Macomber.

Pensando no natal, eles preparam essas duas caixinhas, com o livro dentro, que são super presenteáveis!! Ficaram muito lindas!! Amei demais!! Foi amor a primeira vista!! Quase tive um troço quando vi!! Quero muito os dois títulos. Eu já tinha adicionados os dois no meu Skoob e agora quero mais ainda quando vi essas edições!!









Eu já tinha comentado anteriormente sobre esses livros na série Lançamentos Das Editoras, aqui no blog. Mas mesmo assim vou deixar a sinopse para vocês!!





"Quando um anjo decidir entrar em sua vida, diga adeus aos sonhos impossíveis."


Shirley, Goodness e Mercy sabem que o trabalho de um anjo é interminável — especialmente na véspera do Ano-novo. Ao lado de seu novo aprendiz, o anjo Will, elas se preparam para entrar em ação na festa de fim de ano da Times Square. Quando Will identifica dois solitários no meio da multidão, ele decide que a meia-noite será o momento perfeito para dar aquele empurrãozinho divino de que eles precisam para acabar com a solidão. Então, por “acidente”, Lucie Ferrara e Aren Fairchild esbarram-se no meio da alegria da festa, mas, assim como se aproximam, acabam se perdendo: um encontro marcado que não acontece os afasta pelo resto da vida. Ou será que não? Um ano depois, Lucie é a chef de um novo e aclamado restaurante, e Aren é um colunista de sucesso em um grande jornal de Nova York. Durante todo o ano que passou, os dois não se esqueceram daquela noite. Shirley, Goodness, Mercy e Will também não se esqueceram do casal... Para uni-los novamente, os anjos vão usar uma receita antiga e certeira: amor verdadeiro mais uma segunda chance (e uma boa dose de confusão), para criar um inesquecível milagre de Natal.





"Às vezes é preciso se entregar a alguém para perceber 
quem você realmente é."

Todos os dias, Lou Suffern luta contra o tempo. Ele tem sempre dois lugares para ir, tem sempre duas coisas a fazer. Quando dorme, sonha com os planos do dia seguinte, e, quando está em casa, com a esposa e os filhos, sua mente está, invariavelmente, em outro lugar. Numa manhã de inverno, Lou encontra Gabe, um morador de rua, sentado no chão, sob o frio e a neve, do lado de fora do imenso edifício onde Suffern trabalha. Os dois começam a conversar, e Lou fica muito intrigado com as informações que recebe de Gabe; informações de alguém que tem observado uniões improváveis entre os colegas de trabalho de Lou, como os encontros da moça de sapatos Loubotin com o rapaz de sapatos pretos... Ansioso por saber de tudo e por manter o controle sobre tudo, Lou entende que seria bom ter Gabe por perto — para ajudá-lo a desmascarar associações que se formam fora de suas vistas — e lhe oferece um emprego. Mas logo o executivo arrepende-se de ajudar Gabe: sua presença o perturba. O ex-mendigo parece estar em dois lugares ao mesmo tempo, e, além disso, Gabe lhe fala umas coisas muito incomuns, como se soubesse do que não deveria saber... Quando começa a entender quem é realmente Gabe, e o que ele faz em sua vida, o executivo percebe que passará pela mais dura das provações. Esta história é sobre uma pessoa que descobre quem é. Sobre uma pessoa cujo interior é revelado a todos que a estimam. E todos são revelados a ela. No momento certo.




Nesse post, as sinopses foram tiradas do site Skoob.



Espero que tenham gostado e se tiver alguém que já comprou poste aqui o seu comentário sobre as caixinhas!!



Beijinhos



20 de novembro de 2013

[Resenha #3] - O Sonho De Eva

Título: O sonho de Eva
Autor: Chico Anes
Ano: 2012
Editora: Novo Conceito Jovem
Páginas: 304
ISBN: 978-85-8163-006-9


Classificação: 5/5












UM JOGO PARA DOMINAÇÃO MUNDIAL


Eva é uma mulher forte e também uma psicóloga que se tornou especialista em sonhos lúcidos, assim como sua irmã. Esses sonhos te permitem entrar no estágio do sono profundo e quando começar a sonhar, você saberá que está sonhando e terá pleno controle de suas ações dentro de seu subconsciente. Ela domina cem por cento essa prática que aprendeu com seu pai.

Sua irmã, Ana, que trabalha na mesma área, conseguiu um trabalho em uma grande empresa onde fazia experimentos e aplicava seu conhecimento na área dos sonhos. Um certo dia, sem explicações, Ana, que estava cuidando do único filho de Eva, se suicidou. Quando os policiais chegaram lá não tinha ninguém no apartamento. Só encontraram duas taças sujas de vinho em cima da mesa.

Eva soube do acontecido após terminar uma palestra e ficou muito pasma e muito assustada por saber que seu filho tinha desaparecido do apartamento. Joaquim era autista e um menino muito especial por ter uma habilidade única e extraordinária ligada aos sonhos lúcidos, habilidade essa, que Eva mantinha em segredo, justamente para mantê-lo em segurança.

Mesmo sabendo do ocorrido com a Dr. Eva Abelar, uma empresa de grande porte, chamada Yume, oferece emprego a ela. Coincidentemente a mesma onde Ana trabalhava. Yume está lançando, muito secretamente, um jogo chamado DreamGame. Ele te permite jogar enquanto dorme e sentir exatamente todas as emoções do jogo em questão.

Eva aceita a vaga, que era exatamente a mesma de sua irmã. Ela sabia que algo muito estranho estava acontecendo mas mesmo assim resolveu aceitar o convite e não era pelos milhões prometidos, mas para poder investigar de perto o que estava acontecendo e para saber se a Yume tinha alguma coisa a ver com o sumiço de seu filho.









COMENTÁRIOS


Esse livro nos faz refletir sobre a sociedade que está cada vez mais a mercê da tecnologia e que as pessoas acabam se deixando levar pelas propagandas subliminares, deixando a todos vulneráveis, se permitindo implantar idéias que vão além de sua consciência, forçando-os a fazerem coisas como se estivessem sendo manipulados como marionetes.

O autor, Chico Anes, brasileiro, descreve a estória de forma bem clara e cheia de teorias da conspiração. Mostra livros antigos que escondem a verdadeira história do mundo e organizações secretas que estão por trás de todas as coisas. Sabe montar um bom suspense e te coloca em diversas situações e perigos que te faz perder o folego.



O QUE EU ACHEI

É um livro muito bom de ler e te prende a casa frase! Gostei muito e mal posso esperar pelas suas próximas estórias. Seria muito bom se ele continuasse nessa linha sobre teorias misteriosas!! 



E aí? Querem dar uma chance à esse livro?


Beijinhos


19 de novembro de 2013

Cansei de Ser Gato

Genten!! Vim trazer uma novidade muito fofa!!

A editora Novo Século lançou um livro bem diferente que eu gostei muito!!




Data de lançamento: 18/11/2013
Páginas: 72

Esse livrinho é de capa dura e está saindo a R$ 19,90 no próprio site da editora!!




O GATINHO

Chico está tendo crises de identidade tadinho!! E por isso ele decidiu que daqui para frente, a cada dia ele seria um personagem diferente!!


"A vida é curta, mas eu tenho 7. Vou aproveitar para ser uma coisa por dia"




A FAMA

Esse gatinho ficou famoso por aparecer em um site que leva o mesmo nome do livro"Cansei de Ser Gato", que vou postar o link parar vocês poderem apreciar as fotos dele!! Lá você consegue acompanhar essa crise de identidade de perto!

A página foi montada pela analista de marketing Amanda Nori de Gouveia, de 25 aninhos. Todas as fotos de seu gatinho são tiradas pelo celular e no livro podemos encontrar fotos já publicadas e outras inéditas!
(Fonte tirada do site Techtudo)




Eu fui conferir a página e me apaixonei!! Que coisa mais linda!! Lá você encontra as fotos do dia, o lado B que não tem só o gatinho, alguns gifs, vídeos e ainda como tudo começou!! Ele fica paradinho para tirar essas fotos!! Não conseguiria fazer isso com os meus neeem que a vaca tossisse!! lol



"Fui encontrado no interior de São Paulo quando tinha aproximadamente 2 meses. Cheio de pulgas, vermes, um pouco machucado e cansado de ser renegado, fui adotado, amado e cresci." 
(Fragmento tirado do site Cansei de Ser Gato)



ONDE ENCONTRAR

Além da page, podemos contar também com uma página no Facebook, Twitter e Instagram!! Que maravilha!! O face já está com 129 mil curtidas!! Parabéns Chico!! Se tornou o gatinho mais famoso da internet!!


FOTOS

Leitores do Bela Vida, deem uma olhada nas fotos e depois me digam o que acharam. Eu escolhi algumas, mas é muito difícil e vocês vão entender o porquê!!







Ele é lindo né?? Eu sei, eu sei!! Já estão loucos para procurar mais sobre essa coisa fofa né?? Vamos lá!



Espero que tenham gostado!! Não esqueçam de deixar seus comentários!!





Beijinhos